VeRSis Tecnologia - Localizadores de Defeitos em placas eletrônicas

(19)3296-5461

  • VeRSIS - pioneira no mercado
  • Ganhos expressivos
  • Agregue novas tecnicas
  • Supere as principais dificuldades
  • Diagnostico preciso

Localizadores de Defeitos em placas eletrônicas

O Localizador de Defeitos é uma solução de teste inovadora que permite encontrar defeitos em placas eletrônicas de uma forma simples e intuitiva, sem a necessidade de esquemas elétricos ou conhecimento técnico do circuito, agilizando o conserto de placas eletrônicas.

Funcionamento

Localizadores de Defeitos em placas eletrônicas

Os Localizadores de Defeitos da VeRSis  são ferramentas de diagnóstico que utilizam uma técnica muito eficaz  de comparação de Curvas Características de vários pontos de uma placa boa com os mesmos pontos da placa defeituosa,  para localizar os defeitos.

Diferenças nessas curvas indicam os pontos onde existem defeitos,  facilitando sobremaneira o reparo das placas, sem precisar analisar o funcionamento da placa ou o esquema elétrico.

O teste é realizado com a placa desligada e sem a necessidade de se retirar os componentes da placa, evitando danificar ou estressar os componentes e a placa durante o teste.

 Curva Característica

Curva Característica

Curva Característica é uma representação gráfica (“desenho”) da impedância de um determinado ponto do circuito, é a soma de todas as impedâncias de dos componentes (resistores, capacitores, indutores, transformadores, transistores, diodos, CI’s, etc.) conectados nesse ponto do circuito.

 

Por trabalhar com gráficos e não números, a Curva Característica permite uma análise intuitiva dos resultados, possibilitando que, mesmo pessoas com pouco conhecimento em eletrônica, encontrem o  defeito.

 

 Placa Boa Virtual

Placa Boa Virtual

Para realizarmos um teste precisamos das curvas características da placa boa. Para não precisarmos ter sempre a placa boa, podemos armazenar as curvas características da placa boa em arquivo de computador, criando uma “Placa Boa Virtual”.

Depois, para testar uma placa, comparamos a placa com defeito com uma “Placa Boa Virtual”, do mesmo modelo, previamente armazenada no computador, permitindo testar a placa danificada sem ter fisicamente a placa boa.

O usuário pode criar arquivos de vários modelos de placas diferentes que ficam disponíveis para uso posterior como uma biblioteca de arquivos que constituirá o conhecimento acumulado do profissional ou empresa.

 Descrição

Os Localizadores de Defeitos da VeRSis  são compostos por um software: “Localizador de Defeitos" e um hardware: "Módulo de Aquisição".

O software  Localizador de Defeitos é executado em microcomputador PC com Windows XP/7/8. O Módulo de Aquisição é conectado ao computador através da interface USB e usa pontas de prova para fazer as medições na placa.

Configuração Mínima: Computador PC - Processador de 2 GHz; 2 GB de memória RAM; 2 GB de espaço livre no disco rígido, USB 2.0 ou superior.

 

Operação


Os Localizadores de Defeitos possuem 3 Modos de Operação:

Modo Comparação

 

Comparação física da placa danificada com a placa boa, lado a lado.

O usuário acha o defeito comparando a curva característica de um ponto da placa danificada com a curva do mesmo ponto da placa boa, o ponto onde as curvas forem diferentes indica o local do defeito.

 

Modo Memorização

Armazena as curvas características da placa boa em arquivo de computador, criando uma "Placa Boa Virtual", tornando desnecessário ter sempre uma placa boa para fazer o teste.

Isto é feito tirando uma foto da placa, com uma máquina digital e inserimos a foto no arquivo através do software Localizador de Defeitos.

Para criar um componente marcamos o mesmo com um retângulo laranja e em seguida introduzimos seus dados: Posição, Part Number, Quantidade de pinos, Comentários, Posição do Pino 1 e Tipo de Medição.

Após criar o componente armazenamos as curvas características de todos os pinos do componente, medindo pino a pino.

O usuário pode criar arquivos de vários modelos de tantas placas quanto julgar necessário. Esse banco de curvas fica disponível para uso posterior como uma biblioteca de arquivos que constituirá o conhecimento acumulado do profissional ou da empresa.

 

Modo TesteA placa a ser consertada é comparada com uma "Placa Boa Virtual" do mesmo modelo, previamente armazenada no modo memorização, permitindo testar a placa danificada sem ter fisicamente a placa boa.

Os componentes são testados um a um. No final do teste os componentes que passaram no teste são marcados com VERDE e os que falharam com VERMELHOTelas Modo Teste

O defeito está localizado em um dos componentes marcados em vermelho ou em uma das trilhas ligadas neles. Existem várias técnicas sugeridas nos manuais e em treinamentos na VeRSis e o próprio usuário com o tempo descobrirá novas maneiras para decidir quais componentes trocar ou quais trilhas reparar com eficiência. 

Após o reparo testamos novamente a placa, para verificar se o defeito foi resolvido.

Funções especiais presentes em todos os modelos.

Para aumentar eficiência do teste o usuário pode escolher o tipo de medição mais adequado para cada componente.

Os Localizadores de Defeitos possuem 3 Tipos de Medição:

- Padrão, ideal para maioria dos circuitos e componentes.

- Baixa Tensão, indicado para circuitos integrados que funcionam com tensões menores que 1,2 V.

- Potência, indicado para circuitos de baixa impedância, tais como componentes de alta corrente e capacitores maiores que 1μF.

Relatório Texto

 

Um relatório é apresentado na tela, indicando os componentes e os pinos que apresentaram defeito.

Esse relatório pode ser impresso ou salvo em arquivo texto.

Marcação Terra

 

Os pontos de terra são muito importante para a realização do teste, a marcação desses pontos na foto facilita o trabalho de localizar e conectar esses pontos, permitindo um teste mais fácil e preciso.  

Marcação Pino 1

 

Essa marca indica, na foto, em qual pino do componente o teste deve ser iniciado, essa marcação é importante principalmente para os componentes que podem gerar dúvidas com relação à contagem dos pinos, tais como: conectores, capacitores, diodos, etc.

Funções especiais presentes nos Modelos VRS-565 Turbo II e VRS-575 Ultra II.

Os modelos  VRS-565 Turbo II e VRS-575 Ultra II permitem a configuração do tipo de medição por pino.

Para componentes mistos, onde apenas parte dos pinos estão ligadas a circuitos de potência, o ideal é que se faça a configuração do tipo de medição por pino.

Para facilitar a vida do usuário os Localizadores de Defeitos podem escolher automaticamente o tipo de medição por pino.

No modo automático o software escolhe automaticamente entre os modos Padrão e Potência o melhor tipo de medição para cada pino do componente, aumentando em muito a eficiência e a cobertura do teste. 

Visualizador

Durante o teste todas as curvas medidas (resultados) são armazenadas. Para analisar os componentes suspeitos, o usuário não precisa realizar as medidas novamente, basta selecionar o componente e ativar a função Visualizar Resultados.

 Na tela aparece os resultados de múltiplos pinos do componente, mostrando as curvas medidas junto com as curvas da placa boa, facilitando muito a análise.

 

Essa função permite salvar os resultados do teste (curvas medidas) em arquivo, para posterior análise ou para documentação. Em caso de dúvida podemos salvar os resultados, para uma análise posterior

Esses arquivos podem ser usados como documentação para  registrar a situação da placa antes e depois do reparo, ou o estado da placa antes da devolução para o cliente.

O Software emite um sinal sonoro cada vez que uma curva é gravada ou testada.

- Som com tom médio indica curva gravada.

- Som com tom agudo indica Alerta (Falha ou Fim de Armazenamento).

Essa função facilita muito o teste e a memorização da placa, o operador pode manter mais atenção na placa enquanto realiza o teste ou memorização. Minimizando a dispersão do operador.

O Zoom ajuda na memorização e teste de componentes pequenos.

Zoom 100%

Sem Zoom 

 Zoom

 Com Zoom

É muito útil para placas de alta densidade com componentes pequenos, como Celulares, Motherboards, Placas de Vídeo, Placas de Vídeo Games, etc.

Copiar Componente Eletrônico

 Essa função é especialmente útil na memorização de placas que possuem vários componentes iguais, (transistores, resistores, capacitores, etc.).

Nesse caso o usuário não precisa redesenhar e redigitar os dados para criar um novo componente, basta usar a função copiar  e um novo componente será criado com o desenho e os dados do original.

 

Buscar Componente Eletrônico

É muito difícil encontrar componentes em placas muito densas.

Com essa função o usuário pode achar com facilidade um componente específico na placa. 

Função presente no VRS-575 Ultra II.

40 canais Teste Clip

 

O VRS-575 Ultra possui 40 canais para executar o teste ou a memorização automática de até 40 pontos utilizando test-clips ou um conector/fixture customizado.

Essa funcionalidade aumenta muito a velocidade da memorização e do teste, além de tornar a operação mais confortável.

Características

A VeRSis lançou em fevereiro /2015 novas versões dos localizadores de defeitos que substituem as anteriores.

As tabelas abaixo informam sobre as características funcionais e físicas de cada modelo, indicando o que foi implementado de novo.   

Características funcionais
VRS-565
Junior II
VRS-565 Turbo II VRS-575 Ultra II  
Dois canais para teste manual com ponta de prova  
Modo Comparação - teste  de uma placa boa com a placa ruim lado a lado  
Modo Memorização - criação de uma placa boa virtual  
Modo Teste -  teste de uma placa boa virtual com a placa ruim  
Relatório com o resultado do teste formato texto  
Três tipos de medição (padrão, baixa tensão e potência) para ajustar a sensibilidade  
Aceita qualquer tamanho de foto para ser editada no modo memorização  
Compatível com o Banco de Arquivo de Curvas VeRSis  
Marcação do ponto de terra (GND) e do pino 1 na foto  
Algoritmos otimizados permitindo teste e armazenamento 50% mais rápidos que as
versões anteriores
 
IHM amigável, com mais informações na tela que as versões anteriores  
Configuração do tipo de medição por componente  
Resolução da foto de 1280 x 960  - NOVIDADE  
Visualização da Foto durante o teste e memorização permitindo maior  agilidade  
Software V8.0 e manual - download internet  - NOVIDADE  
Interface USB 2.0  
Configuração do tipo de medição por pino    
Seleção Automática do Tipo de medição (padrão e potência)    
Redimensionamento das telas de fotos - podem ser ampliadas para melhor visualização    
Zoom na foto - NOVIDADE    
Busca de componentes na foto - NOVIDADE    
Cópia de Componentes da foto - NOVIDADE    
Detector de erro com tolerância programável por pino    
Visualizador de Resultados - mostra os resultados de múltiplos pinos ao mesmo
tempo, facilitando a análise do defeito
   
Salva Resultados das curvas do teste em Arquivo - que podem ser utilizadas
posteriormente para análise e documentação
   
“Alerta Sonoro – teste OK ou falha – é mais um recurso para minimizar a dispersão do
operador para não deixar passar pontos de defeito”
   
 
Modo fixture com conectores ou fixtures customizados      
40 canais para teste e memorização automático em modo clip (para chips PTH-DIP ou
SMD-SOIC) ou modo fixture com conectores ou fixtures customizados
     
 
Detector de erro com uma única  tolerância fixa      

 

Características físicas VRS-565 Junior II VRS-565 Turbo II VRS-575 Ultra II
Novo acabamento do módulo de aquisição, com ergonômico e detalhes artísticos - NOVIDADE
1 Cabo USB
2 conjuntos de pontas de prova
Alimentação através da porta USB  
Dimensões: 17x11,3x4,5 m  peso:275g  
Fonte externa (85..264 Vca)    
Kit de 6 clips de teste para CIs tipo SMD-SOIC*    
Kit de 4 clips de teste para CIs tipo PTH-DIP*    
Kit PC p/teste motherboards PC -  DDR3,DDR2, PCI, PCIEX1, PCIEX8, PCIEX16*    

 * Itens opcionais 

Vantagens

Vantagens dos Localizadores de Defeito:

• Dispensam esquema elétrico, documentação ou conhecimento sobre o funcionamento da placa.  
• O teste é feito com a placa desligada, evitando danos extras.  
• Não preciso retirar componentes da placa para realizar o teste fora dela. Somente são retirados componentes com grande probabili   dade de estarem danificados, diminuindo o estresse das trilhas e dos componentes, o que é mais frequente com SMD.  
 
• Localizam defeito de forma rápida e precisa, a nível de componente.  
• Detectam curto-circuitos e circuitos abertos.  
• Fáceis de operar, não requerem treinamento avançado.  
• O procedimento de teste é o mesmo para qualquer modelo de placa, tornando o reparo em algo mais siples que as técnicas conheci   das até então.  
 
• O valor agregado da ferramenta cresce com o acúmulo de arquivos de curvas de modelos diversos de placas, constitindo um acervo  do conhecimento da empresa na área em que atua.  
 
• Implantação em curtíssimo prazo em qualquer laboratório, centro de reparos e linha de produção, independente do nível de  capacitação local.  
 
• São ferramentas que complementam o laboratório de reparo e realizam um novo tipo de teste que o osciloscópio e o multímetro não   têm capacidade realizar.  
 
• Suporte no Brasil - São desenvolvidos e fabricados no país.  

 

Outras Informações

 Os clientes  que adquirem da VeRSis os localizadores de defeito tem direito a:

 Suporte NIVEL 1 gratuito

 Atendimento por telefone, e-mail, chat-online ou presencial na VeRSis em horário comercial pré agendado.

 Treinamento operacional gratuito

 Presencial na VeRSis em Campinas-SP ou Remoto online com pré-agendamento.

 Garantia

 Prazo de 12 meses a partir da emissão da nota fiscal de venda.

 O que cobre - defeitos de fabricação e bugs de  software.

 O que não cobre -  Pontas de prova, clips e flat cables, que  são peças de consumo sujeitas a desgaste, a menos que um defeito seja  constatado em até 7 dias do recebimento e comunicado de imediato para t ratar da troca do acessório defeituoso. 

 

Botoes-saiba-mais-Junior    Botoes-saiba-mais-Turbo     Botoes-saiba-mais-Ultra